Por que o governo FHC que criou a CPMF e seus aliados agora que são oposição estão contra a CPMF .

Quando a elite pedirá o afastamento de Cunha?

:

Acossado pela Lava Jato e investigado na Suíça, o presidente da Câmara dos Deputados decidiu hoje se vingar do País; obstruiu uma sessão do Congresso que avaliaria os vetos da presidente Dilma Rousseff sobre a chamada pauta-bomba, que equivale a duas CPMFs, com o apoio de líderes da oposição como Mendonça Filho (DEM) e Carlos Sampaio (PSDB); senador Aécio Neves também é tido como aliado; alvo de tantas acusações, Eduardo Cunha fatalmente terá seu caso aceito pelo STF; será que neste momento ele perderá o apoio da oposição golpista e dos meios de comunicação que ainda estão do seu lado?

A vergonhosa aliança entre a Justiça e a mídia. Por Paulo Nogueira

Quando esses dois poderes se abraçam, como ilustra à perfeição a foto de Gilmar e Merval, perdemos todos nós.

“Jornalista não tem amigo”. Esta é uma frase clássica de um dos maiores editores da história do jornalismo.

Um retrato da indecência

Um retrato da indecência

Demissões no Globo e no Extra podem atingir 400 pessoas

Um retrato da indecência

FHC que criou a CPMF e seus aliados agora que são oposição estão contra a CPMF .

Em 2007, no governo Lula, o PSDB e a oposição derrubaram a CPMF no Senado, o que acarretou, a partir de 2008, redução de R$ 40 bilhões na receita para a saúde. enquanto entidades patronais, capitaneadas pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), moveram tenaz campanha pela derrubada do tributo, com suporte generalizado da mídia televisiva e radiofônica e dos grandes jornais.

Ficaram felizes as empresas sonegadoras do caixa dois, os contrabandistas, os traficantes de drogas, os corruptos e corruptores grandes e pequenos, que se livraram do pagamento da CPMF e podem girar à vontade seus numerários criminosos.

MAIS.

Veja como as quadrilhas tucanas desviaram  os recursos da CPMF.

Adib Jatene: “FHC é um homem sem palavra; e Serra, um homem sem princípios.”

O PSDB, principal articulador  e criador da CPMF.

A CPMF foi criada em 1997, no governo de Fernando Henrique Cardoso (FHC). Destinava-se, segundo a versão oficial, a reforçar o orçamento da saúde pública, que tantos dizem defender e poucos na prática o fazem.

O então ministro Adib Jatene usou todo o seu prestigio e vasto conhecimento técnico para demonstrar a natureza estratégica dessa contribuição financeira na política de universalização da saúde pública no Brasil. Seria a única forma, repetia o ministro, das camadas mais pobres terem acesso a uma saúde pública de boa qualidade.

 Coerente com a sua posição histórica de defesa dos interesses do povo, o PCdoB orientou sua bancada a votar na CPMF, mesmo sendo um governo de direita a quem fazia implacável oposição. A defesa do povo sempre virá em primeiro lugar.

A montanha de dinheiro produzida com a CPMF, todavia, não chegou à saúde pública. No governo FHC serviu para comprar goiabada e outros quitutes palacianos; ajudou a fazer superávit primário para tranqüilizar banqueiros e especuladores de toda ordem; também foi usada para tapar eventuais desmandos da previdência. Foi assim que os tucanos usaram a contribuição por todo o seu governo.

Com a posse do governo Lula, repentinamente, eles mudaram de opinião. Sem uma resposta a altura eles fizeram crer que os desmandos praticados por FHC era obra do novo governo. Quanto cinismo!

Com apoio ostensivo de todas as entidades patronais e da mídia que lhes representa eles conseguiram revogar a contribuição em 2007.

Nesse período apesar da CPMF ainda não ser usado exclusivamente em saúde houve uma clara moralização na sua aplicação. Os estados passaram a receber mais recursos – o que explica a mobilização dos governadores – e houve uma nítida melhoria no padrão da saúde pública nacional, embora ainda estejamos longe do padrão que o povo merece.

Por que a direita lutou para revogar uma contribuição financeira que ela mesma criou?

PSDB criou a CPMF e segundo FHC seria impossível governar  o Brasil sem os  recursos da CPMF.Esse fato  revela como o PSDB é covarde, bandido  e sem compromisso com as causas sociais. A midia bandida e criminosa   se mostra esquecida.FHC disse que seria impossível governar o Brasil sem os recursos da CPM, quando saíram do governo,  essa turma de sanguessuga lutaram e conseguiram  retirar 120 bilhões da saúde.Os sanguessuga agora estão  fazendo oposição ao Presidente Lula e acabaram prejudicando  o pobre  e os esquecidos .Em 1992, o governo Itamar Franco, cujo ministro da Fazenda era Fernando Henrique Cardoso, instituiu o IPMF, que vigorou entre agosto de 1993 e dezembro de 1994. Em 1996, já como presidente da República, Fernando Henrique criou a CPMF, que perdurou durante o seu  fracassado e miserável  governo.

Oposição criminosa.

Na opinião das oposições, o governo está usando o dinheiro da CPMF para incrementar os Programas Sociais. Com a melhoria de vida dos mais pobres, está conquistando seus votos.
Como os pobres são a imensa maioria no país, eleitoralmente o Lula se torna imbatível, mesmo com a campanha das elites e da grande Mídia contra. Pobre não lê jornal nem revista, só vê televisão.
Toda essa campanha contra a CPMF visa retirar o oxigênio (dinheiro) dos Programas Sociais para evitar que eles aumentem ainda mais e se possível, sejam até reduzidos, retirando votos do Lula. Não deveria ser assim mas no jogo político vale tudo.
Como a Globo ainda não se posicionou claramente, fica na base do morde e assopra,(sempre pode precisar de uma grana a mais do BNDES), a coisa não se decide.
A Globo só vai pender para um lado, próximo das eleições, quando as oposições tiverem decidido o candidato que vai receber o apoio de todos. Por enquanto prefere ficar em cima do muro, numa posição que consagrou a trajetória do PSDB.Alguns políticos criminosos, que mantem  dinheiro  nos paraísos fiscais, também são inimigos feroz da CPMF.As quadrilhas   do Banespado que o diga
Um abraço!!!

Veja noticia publicada

Dossiê Globo

Conspiração no Brasil.

‘Se MP não abrir inquérito contra Aécio será a desmoralização total das instituições’

:
Para deputado do PT mineiro, Rogério Correia, existem provas de diversas ordens que embasam abertura de investigação contra senador tucano, e a PGR “só não abre processo se não quiser, ou tiver rabo preso”: “Existe um laudo da Polícia Federal que eu e outros parlamentares entregamos pessoalmente nas mãos de Janot. Temos todas as provas também de um inquérito feito pelo próprio Ministério Público acerca de caixa dois e propinas em Furnas”.247

:

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/categorias/caso-globo/

GLOBO3

globo%5B1%5D[1]

8 Respostas para “Por que o governo FHC que criou a CPMF e seus aliados agora que são oposição estão contra a CPMF .

  1. PRIMEIRAMENTE NAO TENHO PARTIDO NENHUM , SO NAO VOU TE XINGAR PORQUE EU TENHO EDUCAÇAO , MAS SE VOCE NAO TEM NADA PARA FAZER , ENTAO PARAE DE ILUDIR A POPULAÇAO , SE FHC CRIOU A CPMF E O LULA ERA CONTRA PORQUE AGORA O LULA QUER E PORQUE O FHC NAO PODE SER CONTRA O LULA NAO TA NEM AI PARA O POBRE EM 8 ANOS NAO FEZ MERDA BOSTA NENHUMA PARA O POVO DO NORDESTE , EM OITO ANO ELE NAO TEVE OPOSITORES E PODIA BEM TEM FEITO MUITAS COISAS , MAS $ $$$,$$$,$$$,$$$,$$$,$$ ISTO AQUI FALA MAIS ALTO O FHC INVENTOU O FATOR PREVIDENCIARIO , E AGORA NO GOVERNO LULA O SENADO APROU O TERMINO DESTE FATOR QUE IRIA MELHORAR A APOSENTADORIA DE MUITOS TRABALHADORES E APOSENTADOS , E QUE O LULA FEZ VETOU , ENTA CARO VAI FALAR MERDA NOS OUVIDOS DO LULA NAO VEM FALAR MERDA PARA O POVO

  2. Claudio Bezerra

    O FHC foi o Presidente dos ricos, só beneficiou a classe A e a campanha do José Serra que é outro corrupto também , nem pensar os tucanos no poder de novo, quanto ao Lula “PT” , muitos políticos corruptos envolvidos…conclusão, ninguém vale nada !!!

  3. Nem vou “gastar” palavras…sem comentários…chega ser ridículo…

  4. O GOVERNO DE FHC ERA UM GOVERNO SERIO,TINHA CREDIBILIDADE AGORA VOLTAR A CPMF EM UM GOVERNO COM APROVAÇAO DE 8 PONTOS PERCENTUAIS,E TAO SOMENTE DA UM TIRO NO PE.

    • Governo sério e com credibilidade? Faz essa afirmação ao Bill Clinton e veja a resposta dele. Desculpe-me, mas a parcialidade me enoja. A verba arrecadada com o tributo era vinculada agora lhe pergunto. Para onde foi direcionado o dinheiro? Sério mesmo que o Governo FHC tinha credibilidade? O intuito em esconder o que aconteceu é proposital ou é apenas desconhecimento mesmo? Mas vou lembra-lo. Cambio fixo supervalorizando o real sem que houvesse crescimento que embasasse tal valorização. Quando da adoção, por preção do FMI, do câmbio flutuante explosão da inflação e a desvalorização do real. Em 8 anos de governo o país quebrou, sim quebrou, 3 vezes e teve que pedir empréstimos ao FMI. Da última vez o FHC levou uma mijada do Clinton em uma reunião na Itália (https://www.youtube.com/watch?v=JhCQfsH-R9Q). Na ocasião o governo FHC foi taxado por Clinton de desonesto com as finanças públicas e não confiável! Aumento da taxa de juros reais a mais de 30%, hoje acham absurdos os juros a 14,5%, desvalorização do Real em 40% em um único ano. Criticam o poder de compra do Real de hoje, e apontam números do governo FHC, então façamos a conta de forma honesta. O salário Mínimo em 1999 era de R$136,00 e o litro da gasolina custava R$0,825, se dividirmos o salário mínimo pelo preço do combustível obteremos, de forma simplória, o poder de compra do Real à época. R$136,00/R$0,825 = 164,84 litros de gasolina. Peguemos os dados dos dias de hoje e coloquemos o preço da gasolina a R$4,00 (ou seja, maior R$0,50 do que os preços nas bombas do Paraná onde o preço está entre os mais altos) com o Salário Mínimo de R$788,00. Com o mesmo calculo chegaremos à conclusão que hoje, mesmo com a CIDE combustível restituída e com ICMS cobrado pelos Estados no teto da alíquota, compraríamos 197 litros de combustível. O governo confiável que você falou mantinha uma economia que, mesmo agora na maior crise do governo do PT, ainda estamos com o poder de compra maior, E a mesma lógica pode ser aplicada em todos os setores. Quer ver? O salário mínimo de 1999 (R$136,00) equivalia a 0,76% de um carro popular que custava R$18.000,00. Hoje, todavia, se pegarmos o mesmo modelo (GOL) que custa R$34.215,00 (zero KM) verificaremos que o salário mínimo equivale a 2,30% do valor do bem, ou seja, o poder de compra da moeda, mesmo hoje, triplicou em relação ao período do Governo FHC. As verbas da CPMF foram totalmente desviadas a ponto de gerar inquérito pelo MPF, todavia, com o PGR sendo primo do Vice-presidente, não preciso dizer o que aconteceu com a investigação não é mesmo? Acho que você precisa rever seus conceitos acerca de governo sério.

  5. O sujeito falar que o governo FHC era sério é para fechar a janela e ir dormir. Isso não tem neurônios ativos no cérebro ou não tem vergonha na cara.

  6. A VERDADE É QUE ” O PT É A ESQUERDA DA ESQUERDA E O PSDB É A DIREITA DA ESQUERDA “, APARENTEMENTE EXERCEM OPOSIÇÃO ENTRE ELES, BRIGAM PELO PODER. PORÉM, ” SÃO TODOS IGUAIS “.

  7. Fabio Botelho Fonseca

    IMBECIL DE PLANTÃO, esse imposto maldito foi criado no governo FHC e TEVE CONTINUÍSMO NO GOVERNO QUE O SUCEDEU . ( DIGA-SE DE PASSAGEM QUE O MESMO SEMPRE FOI CONTRA O IMPOSTO QUANDO OPOSIÇÃO ) . A FINALIDADE DO IMPOSTO MALDITO NUNCA SE CONFIRMOU . SAIBA SER IMPARCIAL E UM POUCO MENOS IMBECIL . ( TALVEZ , NÃO CONSIGA ENTENDER , VAI DO SEU INTELECTO , QUE PRESUMO SER BEM LIMITADO ) .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s