Traficantes zombam do Codico Penal Brasileiro.Exército fica no Complexo do Alemão e subirá morro, diz ministro Jobim.

Mudança no Código Penal acabaria  com as festas desses psicopatas.Qualquer vagabundo hoje, comanda centenas de boca de fumo.Matando, roubando,pichando,Invadindo domicilio, depredando, torturando, incintado centenas de menores ao crime.O MP finge que não vê, a policia nada pode fazer diante de uma lesgislação que parece feita para  dar bôa vida para criminoso.O mesmo problema que esta presente no Rio, esta presente no Brasil inteiro
Veja tambem:
Glauber Gonçalves, de O Estado de S.Paulo*

As forças de ocupação no Complexo do Alemão e na Pena, zona norte do Rio de Janeiro, permanecerão na comunidade por prazo indeterminado, e o comando da operação ficará a cargo do Exército.

Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE
Militares farão patrulhamento, revista e prisão em flagrante

O anúncio foi feito neste sábado, 4, pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, e pelo governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), após reunião em que fizeram um balanço das operações.

“O comando é do Exército, sendo que os efetivos estaduais, civis e militares terão seus comandantes intermediários”, disse Jobim em entrevista coletiva.

Segundo o ministro, a mudança é fundamental e, nessa segunda fase de ocupação, o Exército subirá o morro e não se limitará ao entorno das comunidades. “Os militares terão as funções de patrulhamento, revista e prisão em flagrante”, explicou Jobim. “Os efetivos estaduais ficarão responsáveis por buscas e apreensões, que são funções típicas das polícias civil e militar estaduais.”

Até agora, segundo o ministro, o Exército fazia a proteção do perímetro. O patrulhamento e ocupação da área era função das autoridades estaduais. “A mudança fundamental é que sobe o morro”, resumiu Jobim.

De acordo com o governador do Rio, Sérgio Cabral Filho, o detalhamento do modelo das operações, a quantidade de homens envolvidos e a data para início da atuação da força de paz serão anunciadas no curto prazo. “Não é coisa de semanas”, disse Cabral, que esteve reunido por mais de duas horas com o ministro Jobim e representantes da Secretaria de Segurança do Rio e das Forças Armadas.

Com o apoio do Exército e da Polícia Federal, as polícias Civil e Militar do Rio ocuparam o Complexo do Alemão no último domingo, 28. O período da presença das forças na comunidade não foi estabelecido. “A necessidade é o que define a presença e não uma data fixada”, disse Jobim.

Chegou a ser anunciado pelo governo do Rio que elas se manteriam no Complexo do Alemão até a implantação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

A ocupação ocorreu após uma série de atentados na cidade, que resultaram em inúmeros veículos queimados.

*Com informações da Reuters

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s