Suspeito de postar vídeo de ataque à prefeitura se entrega.

Foto: Paulo Alvadia / Agência O Dia

Por influência da mãe, o desempregado Diego Luiz Silva, também conhecido como MC Huguinho, 21 anos, se apresentou na manhã de quinta-feira à 33ª DP (Realengo). Ele seria o responsável pelo vídeo publicado no Youtube que exibe um funk com ameaças de atentado ao Centro Administrativo São Sebastião, sede da Prefeitura do Rio. Na segunda-feira, cinco janelas do prédio e uma do anexo foram atingidas por disparos que seriam de traficantes do morro do São Carlos em uma troca de tiros com policiais civis.

Apesar de os tiros terem sido classificados como acidentais pelo delegado e diretor do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), Ronaldo Oliveira, em um dos trechos do vídeo o cantor diz: “avisa a UPP que é para tomar cuidado, se é para ocupar, a prefeitura vira alvo”. Mais de 20 mil pessoas já acessaram o link que faz apologia ao crime. “Importante é que chegamos ao autor do vídeo, mas os disparos daquele dia foram casuais porque eles estavam desesperados, tentando acertar o Águia (helicóptero blindado da polícia)”, disse Ronaldo Oliveira.

Janela da sede da Prefeitura destruído por tiros: Por sorte ninguém ficou ferido | Foto: Paulo Alvadia / Agência O Dia

MC Huguinho vai responder em liberdade por apologia ao crime no inquérito aberto para apurar sua relação com traficantes da facção criminosa Amigos Dos Amigos (ADA), apontada pela Polícia Civil como o grupo responsável pelo tráfico de drogas nos morros do Querosene, Zinco, São Carlos e Mineira, que integram o Complexo do São Carlos. Segundo os policiais da 33ª DP, a comunidade Nogueira de Sá, em Sulacap, Zona Oeste do Rio, onde MC Huguinho mora, também está sob domínio da ADA.  Caso o inquérito comprove associação do cantor ao tráfico de drogas, ele poderá pegar até 10 anos de prisão.

O vídeo que causou tanta polêmica foi colocado na rede em 8 de agosto do ano passado e tem dois minutos e 19 segundos de duração. As imagens mostram um desenho do personagem de desenho animado Scooby Doo, com as inscrições “Bonde do Scooby“, uma referência a Leandro Nunes Botelho, chefe do tráfico no Morro dos Macacos, que também integra a ADA. Policiais da 33ª DP baixaram outras imagens da internet de apologia ao crime de autoria do MC Huguinho que serão usadas no inquérito aberto ontem.

Veja relação de videos dos criminosos.Todos já deveriam estar presos.

http://www.youtube.com/watch?v=6tW3s9PUax8

Caso o inquérito comprove associação do cantor ao tráfico de drogas, ele poderá pegar até 10 anos de prisão.Em outro país ele pegaria prisão perpétua ou pena de morte.As comunidades estão infestadas destes  estrume.
.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s