Lula já sabe como aniquilar e quebrar definitivamente a espinha dorsal da Globo.

É por isso que a eleição é sobre o pré-sal e a Globo !

No evento dessa segunda-feira, no Rio, para agradecer o apoio de artistas e intelectuais a Dilma Rousseff, Lula formulou de forma clara, pela primeira vez,  seu ataque ao monopólio da Globo.

A estratégia é:

– plebiscito;

– plebiscito convoca assembleia constituinte exclusiva;

– eleitos para a constituinte exclusiva não podem se candidatar para a eleição seguinte;

– faz a reforma política com financiamento público de campanha;

– com um novo Congresso e nova estrutura política se faz um Marco Regulatório da Comunicação, ou Ley de Medios.

Ou seja, o Marco tem de ir de fora para dentro do Governo.

Isso significa que Lula tem um caminho na cabeça e chama a Globo de Globo.

Isso significa que não basta desenvolver a Internet, dar acesso à banda larga – essa é uma solução mecanicista.

Supor que o vagão é mais importante que a carga que vai dentro.

Lula deixou claro também que o PT não pode mais conviver com uma situação de cerco permanente da Globo e seus congêneres – o maior partido da Oposição – aos governos trabalhistas.

Lula fez também uma descrição impecável dos jornalistas merválicos e pigais (*).

Os que, segundo o Mino, são piores que os patrões.

Antigamente, eles perguntavam para que os políticos respondessem e o povo se informasse.

“Hoje eles respondem para a gente perguntar”.

“Não querem saber o que V. Excia. pensa, mas o que a sociedade tem que saber que eles pensam sobre V. Excia”, disse diretamente a Dilma.

“Isso é falta de Ética”.

Ele se referia evidentemente aos Bonner (que falou 40% do tempo de uma entrevista com a Dilma); ao dedinho em riste da Poeta; ao Coronel Pantaleão da Fel-lha (**); aos repórteres folhais do debate na Band; e aoconstrangimento físico que o Ataulfo Merval (***) não conseguia esconder, quando a Dilma jantou com farofa a Armada Brancaleone da Globo.

Um deles concebeu até uma forma de segurar o microfone, para se distinguir na telinha.

(As assistentes de palco, numa mesma coreografia também procuram invocar certa singularidade.)

Este cruza os braços e o microfone emerge das mãos como vitória-régia de jardim botânico: oh !, diz a plateia deslumbrada com a dramaturgia inútil.

É porque eles se consideram a verdadeira estrela.

Eles são mais importantes que o entrevistado.

Mais importantes que o destinatário, o beneficiário do diálogo: o espectador.

Povo ?

O povo que se lixe !

Eles são a palmeira imperial, a mais alta, mais exuberante !

“Todo santo dia inventam uma mentira contra essa mulher !”, disse Lula a Dilma.

“É indescritível ! E isso é uma tarefa nossa !,” disse Lula.

É claro que a tarefa se tornou muito mais fácil, com a troca da Poeta pela Renata, o que demonstra que a Globo começou a acusar o golpe da queda acelerada da audiência de seu tele-jornalismo (sic).

Em tempo: só falta combinar com os petistas de São Paulo que não resistem a um holofote da Globo …

Clique aqui para ver o que Lula disse também na segunda, num evento em defesa do pré-sal.

E a seguir frases no evento dos artistas e intelectuais:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s