Exclusivo: novo vídeo sobre Dilma e o combate à impunidade.

http://mudamais.com/

Dilma já assumiu o compromisso! Ninguém fez mais no combate à corrupção nesse país do que ela e Lula. Mas a presidenta vai fazer ainda mais! Seu segundo mandato será estruturado em dois pilares principais: promoção de oportunidades e combate à corrupção. Ao contrário do que era feito antes, a corrupção jamais foi varrida para debaixo do tapete nos 12 anos de governo democrático e popular do PT. Como a presidenta já explicou, tem gente que tenta colar a fama da corrupção ao partido, mas hoje só se descobre mais porque se investiga. Quem não procura, certamente não há de achar, não é mesmo?

A principal medida no combate à corrupção a ser feita no segundo mandato de Dilma é acabar com a impunidade. A presidenta, vale lembrar, é a única candidata a apresentar propostas consistentes de combate à corrupção e à impunidade. Para isso, Dilma anunciou um conjunto de 5 medidas:

1. Modificação da legislação eleitoral para criação do crime de prática de “Caixa Dois”, punindo todos os que se utilizarem de tais procedimentos;

2. Aprovação, por lei, de crime que puna com rigor agentes públicos que apresentem enriquecimento sem justificativa ou sem demonstração da origem dos ganhos patrimoniais;

3. Criação de uma nova espécie de ação judicial – “ação civil pública de extinção de domínio” –  que permita declarar a perda da propriedade ou da posse de bens adquiridos por atividades ilícitas, ou de bens sem comprovação de procedência lícita;

4. Ateração da legislação processual para agilização do julgamento de processos judiciais que digam respeito a desvio de recursos públicos, respeitando o contraditório e o mais amplo direito de defesa;

5. Criação de uma nova estrutura no poder judiciário, em especial junto aos tribunais superiores, que permita agilização e  maior eficácia da investigação e dos processos contra agentes que possuem foros privilegiados.

Essas propostas são a continuidade das diversas ações de combate à corrupção tomadas ao longo dos governos do PT. Como o fortalecimento da Polícia Federal; as 162 operações de combate à corrupção, lavagem de dinheiro e crime financeiro; o fortalecimento da relação com o Ministério Público, com a escolha do Procurador Geral da República apenas a partir da lista tríplice apresentada; a aprovação da Lei de Acesso à Informação; a Lei da Ficha Limpa; a Lei das Organizações; a continuidade do Portal da Transparência e as investigações da Controladoria Geral da União.

Por isso, não se deixe enganar: com Dilma, uma mulher de história limpa e de luta, a corrupção jamais ficará impune. Por isso, no dia 5 de outubro, é Dilma de novo, para o Brasil seguir mudando. Quer saber mais? Acesse o Brasil da Mudança

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s