Aécio colocou a família pra trabalhar no governo de Minas Gerais.Veja como Aécio paga o silencio da mídia.

DataCaf Extra: machão do
Leblon assustou as mulheres.

Aécio Neves controla imprensa afirma o Deputado Antônio Júlio.

 

Uma pesquisa rápida no site do Diário Oficial do Estado de Minas Gerais(link is external) mostra, primeiro, um discurso do deputado Rogério que poo certo vai acordar o Tucano.

No primeiro debate entre presidenciáveis antes do segundo turno das eleições, Aécio Neves chamou Dilma Rousseff de “leviana” quando a presidenta disse que ele usou seu cargo de governador de Minas Gerais para empregar pessoas de sua família no governo mineiro.

Aécio deve estar desmemoriado, ou não sabe que os dados dos governos são públicos. Uma pesquisa rápida no site do Diário Oficial do Estado de Minas Gerais(link is external) mostra, primeiro, um discurso do deputado Rogério Correia(link is external) (PT), em que ele cita todos os parentes de Aécio Neves empregados no governo mineiro. Essa prática, chamada “nepotismo”, é proibida no Brasil.

Ainda em pesquisa no DOE, podemos achar os cargos pelos quais passaram os parentes de Aécio, na época em que ele era governador:

– Fernando Quinto Rocha Tolentino (primo de Aécio), foi  nomeado, em 2007, assessor do diretor-geral do Departamento de Estradas e Rodagem (DER/MG)(link is external);

– Guilherme Horta (primo) era assessor especial de Aécio quando este era governador de Minas(link is external) (2005) ;

– Tânia Guimarães Campos (prima de Aécio) foi nomeada, em 2008, para cargo comissionado(link is external) no Poder Executivo de Minas Gerais como Conselheira(link is external);

– Frederico Pacheco de Medeiros (primo)  foi nomeado Secretário Adjunto de Governo em 2006(link is external), e atualmente ocupa o cargo de Diretor de Gestão Empresarial da Cemig(link is external);

– Andréia Neves da Cunha (irmã de Aécio) – ocupava  o cargo de presidente do Servas(link is external) (Serviço voluntário de Assistência Social) entre 2003 e 2014(link is external);

– Tancredo Augusto Tolentino Neves (tio de Aécio) ocupou o cargo de Diretor do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais(link is external) em 2008;

– Oswaldo Borges da Costa Filho (genro do padrasto do governador) era diretor presidente da Codemig(link is external) em 2006;

Além de todas essas pessoas, a Folha de S. Paulo publicou uma reportagem listando todos os parentes que Aécio emprega(link is external) em sua campanha – alguns, inclusive, constam na listagem acima. De acordo com a Folha, além da irmã, Andréia Neves, Aéco emprega o cunhado, Luiz Márcio; o primo Frederico Pacheco de Medeiros e Oswaldo Borges da Costa Filho.

Parece que Aécio precisa entender a diferença ente a meritocracia, que ele tanto exalta, e o nepotismo. Além disso, o presidenciável que vive falando em desaparelhar o Estado e diminuir os gastos da máquina pública não está sendo coerente, para dizer o mínimo, empregando tantas pessoas de sua família no governo de Minas Gerais. A explicação desses dados e da construção de dois aeroportos em terras de familiares com dinheiro público, fazem parte das muitas elucidações que Aécio Neves deve aos brasileiros, já que, ao ser questionado pela presidenta Dilma Rousseff no debate, ele preferiu atacar a responder. Seguimos aguardando, candidato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s