R7 e Hoje em Dia publica pesquisa fraudulenta que favorece Aécio Neves.

3bdd6-mensalc3a3otucanodisfarc3a7adodemineiro

5aa44-amac3a7onsac3a9ciodizqueseeleitovaiproporreformapolc3adtica

Crime organizado.Mídia bandida e criminosa esconde o mensalão do PSDB.

Logo depois de Dilma Rousseff citar o Termo de Ajustamento de Gestão que mostra que o então governador de Minas Gerais, Aécio Neves, não cumpriu os investimentos mínimos previstos pela Constituição Federal em saúde e educação, os documentos foram retirados do site do Tribunal de Contas do Estado. A notícia foi divulgada pelos jornaisFolha de S. Paulo(link is external) e O Estado de S. Paulo(link is external).

 

R7 e Hoje em Dia publica pesquisa fraudulenta que favorece Aécio Neves.

A pesquisa é tão criminosa  que destrói até o o Data Folha e o Ibope.

Por Lara Rizério

SÃO PAULO – O ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), determinou ontem que o instituto de pesquisa Sensus forneça à Dilma Rousseff e à Coligação Com a Força do Povo acesso ao sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados de recente pesquisa de intenção de voto para presidente da República.

De acordo com a pesquisa Sensus revelada no último sábado pela Istoé, Aécio Neves (PSDB) aparecia com 58,8% dos votos válidos e a petista Dilma Rousseff, com 41,2%, números bem diferentes dos outros levantamentos como Datafolha, Ibope e Vox Populi, que apontam para um cenário de empate técnico entre os dois candidatos. A coligação de Dilma já havia pedido que o Instituto Paraná fornecesse os dados da pesquisa para o PT, o que foi aceito pelo Tribunal.

Os documentos solicitados deverão ser encaminhados à área jurídica da campanha por e- mail ou por intermédio de mídia, devendo ser preservada a identidade dos entrevistados.

Em petição apresentada ao TSE, Dilma e sua coligação requereram acesso aos dados e fundamentaram o pedido na necessidade de investigação de supostas irregularidades na pesquisa. Dentre eles, a ausência de identificação da fonte dos dados estatísticos e dos fatores de ponderação, o superdimensionamento do percentual de eleitores com nível superior e a indicação de custeio exclusivo pelo instituto de pesquisa.

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/157198/TSE-Sensus-ter%C3%A1-de-prestar-informa%C3%A7%C3%B5es-a-Dilma.htm

http://eleicoes.uol.com.br/2014/noticias/2014/10/16/irma-coordenou-orgao-que-fiscalizava-publicidade-para-radios-de-aecio.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s