O selo da corrupção.217 investigações arquivadas e 242 engavetadas: a marca da impunidade no governo FHC PSDB.

Combater a impunidade, doa a quem doer, é marca do governo Dilma. O governo do PT aposentou o Engavetador Geral da República, investiu na Polícia Federal – aumentando seu orçamento de R$ 1,8 bilhão para R$ 4,7 bilhões -, criou o Portal da Transparência e a  Controladoria-Geral da União. Pois é, mas não foi sempre que o Brasil teve essa política permanente de combate à corrupção. A marca da gestão tucana é a impunidade. Os envolvidos com o caso Sivam, com a compra de votos para a reeleição de FHC, com a Pasta Rosa,com o mensalão tucano mineiro, com os escândalos dos metrôs e trens em São Paulo estão TODOS SOLTOS.

Somente no governo de FHC, foram arquivadas 217 investigações e engavetadas outras 242, envolvendo 194 deputados, 33 senadores, 11 Ministros e 4 contra o próprio FHC. Como as ações eram engavetadas, acabavam prescrevendo. Por sinal, o Ministério Público, concluiu, em 2003, que não poderia indiciar Armínio Fraga – o homem de confiança de Aécio Neves – em uma ação de improbidade, porque a punição já estava prescrita.

Lembra quantos casos de corrupção nós vimos passar impunes nos governos do PSDB?

O escândalo da Pasta Rosa, esquema com base no caixa 2 que envolvia, entre outros, José Serra e Antônio Carlos Magalhães, foi engavetado por Geraldo Brindeiro, o engavetador-geral da República. O mensalão tucano desviou dinheiro público, durante a campanha de eleição de Eduardo Azeredo, um dos fundadores do PSDB, e também terminou com todos soltos. Já o trensalão envolveu o pagamento de propina a integrantes do governo de São Paulo e ao PSDB pelo grupo francês Alstom. Com as provas bem escondidas, as autoridades suíças tiveram dificuldade em investigar. Teve ainda o escândalo da compra de votos para a reeleição de FHC e o caso Sivam, lembra?m Pois é, os envolvidos também estão impunes.

Essa é a diferença: enquanto eles varrem para baixo do tapete, Dilma combate a impunidade e apresenta propostas concretas para intensificar o combate.

DATACAF:  Dilma 49 A 40 Aécio ! Quinta feira.

images globon

 

flyearth_micael_reynaud.gif

 

Bomba: como o Ministério Público blindou a corrupção do Aecínico !

SE O GURGEL NÃO ABRIR INQUÉRITO CONTRA O AÉCIO, ESTARÁ PREVARICANDO”E o Procurador Geral da República ainda precisa descrever o destino no Ministério Público Federal daquela denúncia sobre como o Aecínico teria se preparado, com R$ 166 milhões, para as eleições de 2012 e 2014.

 Tijolaço: você contrataria este homem para dirigir o Brasil?

 

8297f-tabelacorrupc3a7c3a3o

 

 

Lista das empresas privatizadas por Serra e FHC. Eles venderam o Brasil.

Diante das recentes polêmicas envolvendo o Pré-Sal e a Petrobrás nas eleições, selecionamos aqui uma sequência de  notícias a respeito da luta empreendida pelo PSDB-DEM para privatizar a Petrobrás e o petróleo brasileiro desde os anos 1990, durante o governo de Fernando Henrique, mas também após o fim daquele governo, quando esta coligação continuou criticando e atacando sistematicamente a Petrobrás e agora, o Pré-Sal.

BNDES

Um dos principais responsáveis pela rápida saída do Brasil da crise econômica mundial de 2008, o BNDES quase foi privatizado no governo do PSDB.No geral, foram privatizadas, entre 1990 e 1999, 166 empresas, com 546 mil postos de trabalho extintos diretamente. Carta Maior.

 Relação de empresas estatais brasileiras, privatizadas (entregues) pelo do governo neoliberal de FHC e José Serra, junto com governos estaduais da época, principalmente o do ex-governador Geraldo Alckmin.Eles só precisam de mais quatro anos de governo para concluir o serviço que começou com o governo FHC.
  • AES SUL (CEEE Distribuição) – vendida para a empresa americana AES;
  • BANDEIRANTE Energia – vendida para o grupo Português EDP;
  • CELPE – vendida ao grupo espanhol Iberdrola;
  • CEMAR – vendida ao grupo americano Ulem Mannagement Company;
  • CESP TIETE – vendida para a empresa americana DUKE;
  • CETEEP – vendida para a empresa estatal Colombiana ISA;
  • COELBA – vendida ao grupo espanhol Iberdrola;
  • CONGÁS – vendida ao grupo britânico British Gas/Shell;
  • COSERN – vendida ao grupo espanhol Iberdrola;
  • CPFL – vendida para o grupo brasileiro VBC;
  • ELEKTRO – vendida para a empresa americana ENRON;
  • ELETROPAULO – vendida para a empresa americana AES;
  • ESCELSA – vendida ao grupo português GTD Participações, juntamente com o consorcio de Bancos Iven S.A;
  • GERASUL – vendida para empresa Belga Tractebel;
  • LIGHT- vendida ao grupo francês e americano EDF/AES;
  • RGE – vendida para o grupo brasileiro VBC;
  • BAMERINDUS – vendido ao grupo britânico HSBC;
  • BANCO BANESPA – vendido ao grupo espanhol Santander;
  • BANCO MERIDIONAL – vendido para o Banco Bozano;
  • BANCO REAL – vendido ao grupo ABN-AMRO, hoje sob o controle do grupo Santander;
  • BEA (Banco do Amazonas S.A.) – vendido ao Bradesco;
  • BEG (Banco de Goiás) – vendido ao Itaú;
  • CARAIBA – Mineração Caraíba Ltda;
  • CIA. VALE do RIO DOCE;
  • PQU (Petroquímica União S.A);

– Empresas de Telecomunicação do grupo TELEBRAS: EMBRATEL, TELESP, TELEMIG, TELERG, TELEPAR, TELEGOIÁS, TELEMS, TELEMAT, TELEST, TELEBAHIA, TELERGIPE, TELECEARÁ, TELEPARÁ, TELPA, TELPE, TELERN, TELMA, TELERON, TELEAMAPÁ TELAMAZON, TELEPISA, TELEACRE, TELAIMA, TELEBRASÍLIA, TELASA. A maioria vendida a grupos internacionais: espanhol, italiano, mexicano e, algumas a um grupo brasileiro. O que foi exposto ilustra claramente qual é a política econômica a ser adotada, caso José Serra seja presidente. Uma política de venda do patrimônio público, sem nenhum pudor. Se Serra for o próximo presidente poderá bater o martelo para vender o que restou de nossas empresas:

  • Petrobras;
  • BNDES;
  • Banco do Brasil;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Furnas;
  • Chesf;
  • Eletronorte;
  • Eletrosul, dentre outras.
globo folha
 

55bb1-fhc-zc389serra-privatizac387c383o images

O que disse FHC para Serra: “É preciso dizer sempre em todo lugar que esse governo não retarda privatização, não é contra NENHUMA PRIVATIZAÇÃO, e vai vender tudo o que der para vender”, mostra também que José Serra garante a privatização da Vale do Rio Doce: “A descoberta dessa mina não altera em nada o processo de privatização. Só o preço, que poderá ser maior.”

A preparação para a privatização da Petrobrás começou no 1o mandato de FHC, quando José Serra era Ministro do Planejamento. O plano de privatização começou com o sucateamento da Petrobrás, seguido de mudanças ma legislação que o governo FHC-Serra fez para viabilizar a venda da empresa brasileira. O objetivo era privatizar todo o setor de energia e petróleo do país.

Como o governo FHC permitiu que as corporações petrolíferas estrangeiras pudesem extrair petróleo do Brasil - "Era uma vez o monopólio da Petrobrás"  - Revista VEJA de 14/06/1995

Como o governo FHC permitiu que as corporações petrolíferas estrangeiras pudesem extrair petróleo do Brasil – “Era uma vez o monopólio da Petrobrás” – Revista VEJA de 14/06/19

http://blogdojoelaraujo.blogspot.com.br/2012/04/lista-das-empresas-privatizadas-por.html

http://geraldoalckminpsdb.blogspot.com.br/2010/09/privatizacoes-em-sp-psdb-de-alckmin-e.html

Conheça também o mensalão Tucano, o mais tenebroso mensalão.O terror da mídia omissa e sem vergonha.

Mais

Bomba.HADDAD PEDE AO STJ JULGAMENTO DO 'MENSALÃO' TUCANO.

 https://epocaestadobrasil.wordpress.com/2014/08/12/rede-globo-e-denunciada-ao-mp-por-parcialidade-partidarismo-e-desequilibrio-editorial-eleicoes-2014/

PROVA DE QUE AÉCIO MENTIA SAIU DO AR .http://www.tce.mg.gov.br/

Debate na band vídeos exclusivos

Quando os tucanos Aécio Neves e Antônio Anastasia governavam Minas Gerais, eles não investiam nem mesmo o mínimo obrigatório em saúde e educação, estabelecido pela Constituição Federal.

Decisão do STF: prova de que Aécio contratou ilegalmente 98 mil servidores em MG.

Aécio não tem autoridade moral
para falar de corrupção.http://www.conversaafiada.com.br/

Grupo com quase 100 mil que se dizem médicos ou estudantes de medicina defende ‘castrações químicas’ a eleitores do PT.

Nova Ordem Mundial.Grupos criminosos já pregam um “holocausto contra nordestinos”. Eleições 2014.

Denúncias

Médicos propõem holocausto e castração química de eleitores do PT.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s