COLUNA DO VERRI: PSDB QUEBROU O BRASIL TRÊS VEZES‏; QUEM COMPARA NÃO VOLTA ATRÁS NUNCA MAIS.

Enio Verri, revigorado pelas urnas, que lhe conferiram mandato de deputado federal, em sua coluna desta terça-feira, afirma que mais do que escolher o próximo presidente da República está em jogo o projeto de Nação; segundo ele, os eleitores terão de escolher no dia 26 de outubro entre as mudanças estruturais e de desenvolvimento social de Dilma ou voltar atrás com Aécio, aos tempos de apagão de FHC, "que quebrou o Brasil por três vezes, acorrentou nosso país aos lastros do FMI e trouxe incertezas às famílias brasileiras"; leia o texto e compartilhe.

Enio Verri*Os fantasmas do passado – Fundo Monetário Internacional (FMI), inflação acima de dois dígitos, fila nas agências dos empregos, salários mínimos desvalorizados, privatizações, demissões em massas – saíram do armário e podem voltar a nos assombrar.

A eleição presidencial não representa apenas a escolha de uma figura como presidente e, sim, de projetos políticos já testados e sentidos na pele por toda a nossa população.

De um lado, o projeto de Mais Mudanças e Mais Futuro que trouxe desenvolvimento social, econômico, estrutural para todos os brasileiros e elevou o Brasil a protagonista no cenário mundial.

Em contraposição, o projeto do Fernando Henrique Cardoso que quebrou o Brasil por três vezes, acorrentou nosso país aos lastros do FMI e trouxe incertezas às famílias brasileiras.

Os números não mentem! Os Governos Lula e Dilma são imensamente superiores ao de Fernando Henrique Cardos e Aécio Neves. Se em 2002, o Produto Interno (PIB) representava um pouco mais que R$ 1 trilhão, em 2013, estava próximo de R$ 5 trilhão.

O Brasil de Lula e Dilma elevou a economia brasileira ao posto de 7ª maior do mundo e aumentou a safra agrícola de aproximadamente 100 milhões de toneladas para quase o dobro. É o mesmo que quadriplicou as exportações atingindo a marca de US$ 242 bilhões em 2013.

Diferente do que prega os que torcem contra o Brasil, as estatais e bancos brasileiros não só foram fundamentais para o desenvolvimento brasileiro, como geraram lucros para nosso País nos últimos 12 anos. Um salto de aproximadamente 30 vezes se comparado à época dos tucanos.

O Banco Nacional do Desenvolvimento, que Aécio pretende paralisar, teve um lucro de pouco mais de R$ 8 bilhões em 2013. Em 2002, o lucro era de meio bilhão. O Banco do Brasil e a Caixa Econômica ampliaram em cerca de sete vezes os ganhos e atingiram a marca de R$ 15,8 e R$ 6,7 bilhões, respectivamente.

Entre 2002 a 2013, a Petrobras tão cobiçada pelos tucanos, quase que triplicou os lucros consolidados atingindo o valor de R$ 23,6 bilhões. Já o valor de mercado cresceu cerca de 700% e está avaliada em mais de US$ 108 bilhões.

A taxa de desemprego que assustava em 2002, bateu recorde e atingiu a menor marca com Lula e Dilma. A pobreza, uma das piores marcas do Brasil, foi estripada e caiu de 34% para 7,4% em 2014. Fato reconhecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) e por países desenvolvidos.

O Brasil que investiu em políticas sociais e em incentivos a economia interna é o mesmo que garantiu o ganho real do salário mínimo, tão desprezado pela equipe de Aécio Neves. O salário mínimo cresceu em quase 400%, um ganho quatro vezes maior por dia.

Os Governos Lula e Dilma são os mesmos que melhoraram a vida de todos os brasileiros e que controlaram a inflação. Diferente do que tentam vender, a inflação que caiu de 12,5% a 5,91%, entre 2002 e 2013, sempre bateu a meta nos últimos 11 anos.

Os números não mentem! Quem compara sabe dos riscos de ressuscitarmos os fantasmas dos passados englobados nas propostas neoliberais de Aécio Neves e Fernando Henrique Cardoso.

*Enio Verri é deputado estadual, deputado federal eleito, presidente do PT do Paraná e professor licenciado do departamento de Economia da Universidade Estadual do Paraná. Escreve nas terças sobre poder e socialismo.

Compartilhe esta informação

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s