Por que o PSDB criou a CPMF.Tributário pátrio foi idealizada durante o Governo Fernando Henrique Cardoso.

A implantação dessa contribuição no bojo obrigacional tributário pátrio foi idealizada durante o Governo Fernando Henrique Cardoso, pelo então Ministro da Saúde Adib Jatene, na década de 1997, ideologicamente para resolver o latente problema de caixa em seu Ministério, perdurando até o ano de 2007. Não obstante sua finalidade questionava-se, à época, as razões pelas quais as políticas públicas de saúde não avançavam, já que houveram sido direcionados recursos próprios e específicos para tal setor (o da Saúde).

‘Se MP não abrir inquérito contra Aécio será a desmoralização total das instituições’

:
Para deputado do PT mineiro, Rogério Correia, existem provas de diversas ordens que embasam abertura de investigação contra senador tucano, e a PGR “só não abre processo se não quiser, ou tiver rabo preso”: “Existe um laudo da Polícia Federal que eu e outros parlamentares entregamos pessoalmente nas mãos de Janot. Temos todas as provas também de um inquérito feito pelo próprio Ministério Público acerca de caixa dois e propinas em Furnas”.247

:

MAIS.

Adib Jatene: “FHC é um homem sem palavra; e Serra, um homem sem princípios.”

O PSDB, principal articulador  e criador da CPMF.

A CPMF foi criada em 1997, no governo de Fernando Henrique Cardoso (FHC). Destinava-se, segundo a versão oficial, a reforçar o orçamento da saúde pública, que tantos dizem defender e poucos na prática o fazem.

O então ministro Adib Jatene usou todo o seu prestigio e vasto conhecimento técnico para demonstrar a natureza estratégica dessa contribuição financeira na política de universalização da saúde pública no Brasil. Seria a única forma, repetia o ministro, das camadas mais pobres terem acesso a uma saúde pública de boa qualidade.

Coerente com a sua posição histórica de defesa dos interesses do povo, o PCdoB orientou sua bancada a votar na CPMF, mesmo sendo um governo de direita a quem fazia implacável oposição. A defesa do povo sempre virá em primeiro lugar.

A montanha de dinheiro produzida com a CPMF, todavia, não chegou à saúde pública. No governo FHC serviu para comprar goiabada e outros quitutes palacianos; ajudou a fazer superávit primário para tranqüilizar banqueiros e especuladores de toda ordem; também foi usada para tapar eventuais desmandos da previdência. Foi assim que os tucanos usaram a contribuição por todo o seu governo.

Com a posse do governo Lula, repentinamente, eles mudaram de opinião. Sem uma resposta a altura eles fizeram crer que os desmandos praticados por FHC era obra do novo governo. Quanto cinismo!

Com apoio ostensivo de todas as entidades patronais e da mídia que lhes representa eles conseguiram revogar a contribuição em 2007.

Nesse período apesar da CPMF ainda não ser usado exclusivamente em saúde houve uma clara moralização na sua aplicação. Os estados passaram a receber mais recursos – o que explica a mobilização dos governadores – e houve uma nítida melhoria no padrão da saúde pública nacional, embora ainda estejamos longe do padrão que o povo merece.

Por que a direita lutou para revogar uma contribuição financeira que ela mesma criou?

PSDB criou a CPMF e segundo FHC seria impossível governar  o Brasil sem os  recursos da CPMF.Esse fato  revela como o PSDB é covarde, bandido  e sem compromisso com as causas sociais. A midia bandida e criminosa   se mostra esquecida.FHC disse que seria impossível governar o Brasil sem os recursos da CPM, quando saíram do governo,  essa turma de sanguessuga lutaram e conseguiram  retirar 120 bilhões da saúde.Os sanguessuga agora estão  fazendo oposição ao Presidente Lula e acabaram prejudicando  o pobre  e os esquecidos .Em 1992, o governo Itamar Franco, cujo ministro da Fazenda era Fernando Henrique Cardoso, instituiu o IPMF, que vigorou entre agosto de 1993 e dezembro de 1994. Em 1996, já como presidente da República, Fernando Henrique criou a CPMF, que perdurou durante o seu  fracassado e miserável  governo.

Oposição criminosa.

Na opinião das oposições, o governo está usando o dinheiro da CPMF para incrementar os Programas Sociais. Com a melhoria de vida dos mais pobres, está conquistando seus votos.
Como os pobres são a imensa maioria no país, eleitoralmente o Lula se torna imbatível, mesmo com a campanha das elites e da grande Mídia contra. Pobre não lê jornal nem revista, só vê televisão.
Toda essa campanha contra a CPMF visa retirar o oxigênio (dinheiro) dos Programas Sociais para evitar que eles aumentem ainda mais e se possível, sejam até reduzidos, retirando votos do Lula. Não deveria ser assim mas no jogo político vale tudo.
Como a Globo ainda não se posicionou claramente, fica na base do morde e assopra,(sempre pode precisar de uma grana a mais do BNDES), a coisa não se decide.
A Globo só vai pender para um lado, próximo das eleições, quando as oposições tiverem decidido o candidato que vai receber o apoio de todos. Por enquanto prefere ficar em cima do muro, numa posição que consagrou a trajetória do PSDB.Alguns políticos criminosos, que mantem  dinheiro  nos paraísos fiscais, também são inimigos feroz da CPMF.As quadrilhas   do Banespado que o diga
Um abraço!!!

Veja noticia publicada

Dossiê Globo

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/categorias/caso-globo/

GLOBO3

globo%5B1%5D[1]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s