Arquivo da categoria: Globo

Bandido travestido de cientista usa papiro falso, para agredir a honra de Jesus Cristo.

O s criminosos tem sido apoiado por Portais  de procedência duvidosa.Padre  faz revelações a respeito  do engodo.

Mais

  • A Nova Ordem Mundial seria um plano com o objetivo de derrubar governos de todo o mundo, bem como erradicar em todo o mundo todas as religiões e crenças, para unificar a humanidade sob uma “nova ordem”, que seria baseada em uma ideologia extremamente uniforme, uma moeda única e uma religião universal.

247.PSDB, QUE CRIOU CPMF, É CONTRA VOLTA DO IMPOSTO.Falta dignidade aos tucanos diz jornal.

Políticos de duas caras.Sem moral, sem honra, sem palavra.

:

“Somos contra o aumento dos impostos”, disse, neste sábado, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), ao comentar a possível volta da CPMF; “Nós, do PSDB, não apoiaremos nenhuma proposta que puna ainda mais os já tão punidos cidadãos, consumidores e contribuintes brasileiros”; criado em 1997, no governo FHC, o imposto caiu no segundo mandato do ex-presidente Lula, após intensa campanha promovida por entidades empresariais; neste sábado; o ex-presidente Lula afirmou que “a CPMF nunca deveria ter acabado”; com um déficit previsto de R$ 130 bilhões para 2016, o governo federal conta com a receita de R$ 80 bilhões do imposto para ajustar suas contas.

247 – O PSDB, que foi responsável pela criação da CPMF, em 1997, hoje se manifestou oficialmente contra a volta do imposto, em declaração feita pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), presidente nacional do partido.

“Sobre CPMF, a posição do PSDB é a mesma que externei durante a campanha eleitoral até aqui. Somos contra o aumento dos impostos. O ajuste rudimentar que esse governo vem propondo se ancora, se sustenta em dois pilares. Primeiro deles, supressão de direitos dos trabalhadores, e o segundo, aumento de carga tributária”, disse ele. “O ajuste deveria estar sustentado em dois outros pilares, que seria a redução de despesas, com a requalificação do Estado, e a retomada do crescimento, pois aí se arrecadará mais. E o governo me parecer não ter condições de fazer nem uma, nem outra coisa. Nem diminuir as suas despesas, nem tampouco estimular o país, os investidores e o mercado a participar da retomada do crescimento. Nós, do PSDB, não apoiaremos nenhuma proposta que puna ainda mais os já tão punidos cidadãos, consumidores e contribuintes brasileiros.”

Neste sábado, ao participar de um debate com o ex-presidente uruguaio José Pepe Mujica, o ex-presidente Lula defendeu a volta do imposto. “Não sei se é verdade que [Chioro] defendeu a CPMF. Mas a verdade é que ela não deveria ter sido retirada. Mas você deveria reivindicar para os governadores e prefeitos, porque eles precisam de dinheiro para a saúde”, disse Lula ao cumprimentar o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

No PSDB, o Instituto Teotônio Vilela questionou a volta do imposto. Confira abaixo:

“Aumento de impostos, não!”, análise do ITV

O governo do PT não sossega. Depois de ter dedicado os últimos meses a promover um arrocho fiscal de péssima qualidade, prepara-se agora para voltar a avançar sobre o bolso dos contribuintes. Está em gestação mais um impostaço, começando pela ressurreição da famigerada CPMF.

O plano da presidente Dilma é enviar ao Legislativo uma proposta de emenda constitucional recriando o imposto do cheque. O tributo foi cobrado dos brasileiros até 2007, quando foi derrubado pelo Congresso, numa vitória histórica da sociedade contra a sanha arrecadatória do PT. Incidia à alíquota de 0,38% sobre movimentações financeiras e chegou a render R$ 36 bilhões (ou R$ 58 bilhões em valores atualizados pela inflação).

A justificativa oficial é de que, sem avançar ainda mais no bolso dos brasileiros, a conta fiscal do ano que vem não fechará. São necessários mais R$ 80 bilhões para tapar o rombo da incúria petista. Os ministros chamados de “desenvolvimentistas” ou da “ala política” do governo defendem que a melhor alternativa para arranjar o dinheiro é esfolar ainda mais o contribuinte.

A carga tributária vem crescendo de forma contínua nas gestões do PT e hoje alcança perto de 34% do PIB. O brasileiro trabalha cinco meses do ano só para pagar impostos, segundo cálculos do IBPT. Em contrapartida, somos o país onde o retorno do que é recolhido pelos contribuintes ao fisco é um dos piores do mundo em termos de serviços públicos prestados.

Mas isso não é suficiente para frear os ímpetos arrecadatórios do governo petista. Além do aumento da CPMF, também está sob análise a mudança na forma de cobrança do PIS/Cofins, com impacto brutal sobre prestadores de serviço, em especial. O governo alega que quer “simplificar” o sistema, mas o resultado é bem distinto: com a medida, as alíquotas podem mais que dobrar e render uma arrecadação extra de R$ 50 bilhões.

Na realidade, os contribuintes brasileiros estão sendo chamados a pagar a conta dos descalabros promovidos pela gestão da presidente Dilma nos últimos anos. Com sua mal sucedida política de desoneração fiscal, voltada para atender os amigos do rei com fartos e baratos recursos públicos, as receitas tributárias vêm caindo. Já viu para quem vai sobrar a fatura, não é?

Além do impostaço, o governo já adiantou que o arrocho fiscal deverá se aprofundar no próximo ano, com mais cortes de benefícios sociais. Está em estudo dobrar a carência para concessão de aposentadoria por invalidez e tornar ainda mais severas as regras para concessão de auxílio-doença (já alteradas neste ano). Programas sociais também serão dizimados. Num país onde até doação de girafa é objeto das garras do leão nada mais surpreende. Segure sua carteira, porque o bicho está solto e faminto.247

BLINDAGEM A AÉCIO NA MÍDIA LIDERA CRÍTICAS NAS REDES.Bandidos infiltrados na mídia blindam as quadrilhas tucanas.

247 – A ocultação do nome do senador Aécio Neves (PSDB-MG) das manchetes dos principais veículos da imprensa tradicional no País é o debate principal nas redes sociais desde que o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa reafirmaram, nesta terça-feira 25, durante sessão da CPI da Petrobras, na Câmara dos Deputados, que o tucano recebeu propina de Furnas

BLINDAGEM A AÉCIO NA MÍDIA LIDERA CRÍTICAS NAS REDES.247

:

Hashtag #PodemosTirarSeAcharMelhor foi o tema mais comentado no Twitter desde ontem, quando o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef reafirmam na CPI da Petrobras, na Câmara, que o senador tucano recebeu propina de Furnas; portal UOL alterou sua manchete principal para ocultar o nome de Aécio Neves; jornalista Fernando Brito, do blog Tijolaço, aponta “silêncio sepulcral” da mídia em relação ao caso e questiona: “Os jornais não vão buscar mais detalhes: quem pagava, como pagava, quem levava, quem recebia – a bufunfa? Vamos ficar no ‘não vem ao caso’? Ninguém quer tomar a palavra de um bandido da cepa de Youssef como verdade, mas – ao contrário de tudo o mais que ele falou – não se vai investigar?”; termo ‘Podemos tirar, se achar melhor’ teve origem em março, quando a agência Reuters vazou essa orientação em uma reportagem que citava FHC

O mensalão. UOL TIRA O NOME DE AÉCIO DE TÍTULO QUE O ASSOCIA A PROPINA.DCM


O nome de Aécio foi suprimido num texto do uol em que Youssef reafirma que o senador tinha um mensalão em Furnas.

Mas alguém fotografou o texto antes e depois, e a foto viralizou.Conversa Afiada

FURNAS.Delatores Youssef e Costa confirmam repasse de propina a tucanos – UOL Notícias‎

YOUSSEF CONFIRMA QUE AÉCIO RECEBEU DINHEIRO DE FURNAS 247

:

O doleiro Alberto Youssef confirmou, nesta terça (25), durante depoimento na CPI da Petrobras, que o senador Aécio Neves (PSDB) recebeu dinheiro de corrupção envolvendo Furnas; “Eu confirmo por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre e eu era operador dele”, disse; o deputado federal Paulo Pimenta (PT) defendeu que Aécio seja investigado por ter sido citado por Youssef; Pimenta ironizou a atuação do PSDB e do DEM na CPI; ele disse que a atuação da oposição é para que só “meia corrupção” seja investigada; em nota, o PSDB diz que acusações contra Aécio são “improcedentes”; imagem de chamada da Globo News noticiando o fato viralizou nas redes sociais

WADIH DAMOUS: SÉRGIO MORO, QUE PROMETEU PASSAR BRASIL A LIMPO, TEM SALÁRIO DE R$ 77 MIL.

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/fhc-esta-tentando-destruir-a-estabilidade-politica-por-paulo-nogueira/

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-que-significa-o-silencio-de-aecio-e-fhc-sobre-cunha-por-paulo-nogueira/

Como o processo de sonegação da Globo sumiu da Receita e sobreviveu no submundo do crime

Mais

WADIH DAMOUS: SÉRGIO MORO, QUE PROMETEU PASSAR BRASIL A LIMPO, TEM SALÁRIO DE R$ 77 MIL

O deputado Wadih Damous (PT-RJ) criticou nesta quinta-feira (20), na tribuna da Câmara, juízes e integrantes do Ministério Público que estão o descumprindo o art. 37 da Constituição Federal, recebendo vencimentos acima do teto salarial. “E, para a nossa surpresa, na relação de juízes, desembargadores e membros do Ministério Público que percebem acima do teto, está o nome do insuspeito juiz Sérgio Moro, esse mesmo, que prometeu limpar o Brasil da corrupção, que prometeu passar o Brasil a limpo”, ironizou.

O juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, segundo Wadih Damous, tem recebido nos últimos meses acima do teto, que é limitado ao salário do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), hoje em R$ 37,4 mil. “O paladino da moral, que promete limpar o País da corrupção, recebe em média R$ 77 mil por mês, mais do que o dobro do teto. Acredito, então, que a limpeza deveria começar pela remuneração desses juízes e desembargadores que percebem acima do teto constitucional, em manobras que não fazem bem à democracia e à moralidade”, criticou.

O deputado Wadih Damous destacou que as informações que o mundo jurídico já conhecia, sobre o descumprimento do teto salarial na magistratura foram publicadas, na última semana, no site Consultor Jurídico, especializado em questões ligadas ao Direito, ao Judiciário, ao Ministério Público. “A matéria mostra que muitos juízes e desembargadores percebem acima do teto. Na verdade, o texto sintetiza de forma clara que o teto virou piso. Isto graças a expedientes de criação de penduricalhos do tipo auxílio-moradia, auxílio- táxi, auxílio-educação, auxílio isso, auxílio aquilo” enfatizou.

O deputado Damous disse que essa prática é inadmissível. “É um verdadeiro acinte moral essas verbas serem pagas de maneira disfarçada, como se fossem indenizações e, por isso, não estarem sujeitas à parcela única ou ao teto remuneratório”, criticou.

A matéria do site Consultor Jurídico cita que no caso do Ministério Público Federal, existem procuradores com remunerações de R$ 48 mil. Outros, com atuação em segundo grau, que ganham quase R$ 65 mil por mês.

Vânia Rodrigues

Mais fotos: www.flickr.com/photos/ptnacamara

Pitágoras.STF adia decisão sobre descriminalização de drogas para uso pessoal.Rodrigo Jano resiste a legalização criminosa .

A quem interessa  um “exército de formigas” para pulverizar   a  droga no Brasil.  Os defensores dessa tese deveriam ser expurgados dos cargos e da vida pública para servir de exemplo aos incautos e mostrar que somos um povo decente, honrado.Em um pais  sério todos seriam fuzilados  sumariamente.O maconheiro precisa de tratamento , não incentivo.

https://epocaestadobrasil.wordpress.com/2014/05/26/lista-das-empresas-privatizadas-pelo-psdb-e-fhc/

Mais

Gilmar Mendes tende a dar parecer favorável e descriminalizar  porte de drogas.Clamor aos Ministro do Supremo.

Vocês que lutam pela legalização da maconha, deveriam lutar contra a fome, o desemprego, a mortalidade infantil, o analfabetismo, a violência e outras mazelas que assolam o nosso País.

http://www.stj.jus.br/portal/site/STJ

Matadores da sociedade. E ainda existem autoridades, parlamentares e até um ministro de Estado, que defende essa legalização perversa, irresponsável e criminosa.

Uma sociedade  destruída por políticos criminosos e  monstros travestidos de autoridade.

cracolandia

Há no Brasil um movimento que visa legalizar o uso da maconha, cujo nome científico é Cannabis Sativa Lineu, uma planta com propriedades alucinógenas, que causa dependência física e psíquica, levando os usuários à agressividade criminosa e doentia capaz de levá-los a prática dos mais hediondos crimes.

É sabido que a maconha é a iniciação para o uso de drogas mais pesadas, como a cocaína e outras ainda mais agressivas e destruidoras.

A família brasileira e, por extensão toda a sociedade, vem sendo desagregada e destruída pelas drogas, que leva filhos a roubarem, agredirem e matarem os próprios pais. E ainda existem autoridades, parlamentares e até um ministro de Estado, que defende essa legalização perversa, irresponsável e criminosa.

Os defensores dessa tese deveriam ser expurgados dos cargos e da vida pública para servir de exemplo aos incautos e mostrar que somos um povo decente, honrado e temente a Deus. Não venham com essa conversa de que estamos em uma democracia e que tudo é permitido. Essa não! Os eleitores devem ficar atentos e excluírem nas próximas eleições tais legisladores.

O governo brasileiro deve encetar com urgência uma guerra contra as drogas, adotando todos os meios para combater essa praga e os respectivos traficantes, usando as forças armadas para fechar as nossas fronteiras com a Bolívia e o Paraguai, por onde entram tais drogas e saem os automóveis roubados no Brasil e vendidos abertamente no Paraguai onde são emplacados e legalizados, sem falar que por essas mesmas fronteiras entram as armas contrabandeadas que são compradas pelos traficantes.

O Brasil vive uma guerrilha urbana e negar isso é hipocrisia. É um verdadeiro crime de omissão, prevaricação e outras coisas mais.

Quando o mundo combate o tabagismo; quando fumar se torna uma questão de saúde pública e é proibido praticamente em todos os países civilizados, aqui no Brasil há mentes doentias e pseudo-sociólogos, propondo a legalização da maconha e até mesmo o plantio para uso próprio. Cabe a sociedade civil organizada, os pais, e as igrejas de todo o Brasil, unirem-se para combater essa praga terrível e devastadora.

Lembrem-se de que a família é a célula mater de um povo e de uma nação e, sem família não há Pátria.

Não podemos esquecer o episódio de um jovem drogado que matou uma senhora de idade avançada, que fazia sua caminhada matinal no calçadão da Ponta Verde, matando-a a chutes, murros e pontapés.

O padre Cícero do Juazeiro já profetizava, que após o ano 2000, “Cairiam os muros e levantar-se-iam os monturos.” A profecia está concretizada no que vemos, vivemos e presenciamos nos dias atuais.

Vocês que lutam pela legalização da maconha, deveriam lutar contra a fome, o desemprego, a mortalidade infantil, o analfabetismo, a violência e outras mazelas que assolam o nosso País. A legalização da maconha só vai aumentar a criminalidade, já altíssima e intolerável, além de ser um mau exemplo para as nossas crianças, jovens e adolescentes, indo dificultar o ensino, a aprendizagem e a disciplina nas escolas e nas universidades.

A maconha, se legalizarmos, iremos transformar o Brasil em um País de drogados e criminosos.

* É Advogado Criminalista, Procurador de Estado, Diretor Geral da Seune e membro da Academia Maceioense de Letras

Matadores da sociedade.Tráfico e pichações cresceram com descriminalização do porte de drogas, dizem entidades médicas.Terra.

https://epocaestadobrasil.wordpress.com/2014/05/26/lista-das-empresas-privatizadas-pelo-psdb-e-fhc/

Mais

Gilmar Mendes tende a dar parecer favorável e descriminalizar  porte de drogas.Clamor aos Ministro do Supremo.

Vocês que lutam pela legalização da maconha, deveriam lutar contra a fome, o desemprego, a mortalidade infantil, o analfabetismo, a violência e outras mazelas que assolam o nosso País.

http://www.stj.jus.br/portal/site/STJ

Matadores da sociedade. E ainda existem autoridades, parlamentares e até um ministro de Estado, que defende essa legalização perversa, irresponsável e criminosa.

Uma sociedade  destruída por políticos criminosos e  monstros travestidos de autoridade.

cracolandia

Há no Brasil um movimento que visa legalizar o uso da maconha, cujo nome científico é Cannabis Sativa Lineu, uma planta com propriedades alucinógenas, que causa dependência física e psíquica, levando os usuários à agressividade criminosa e doentia capaz de levá-los a prática dos mais hediondos crimes.

É sabido que a maconha é a iniciação para o uso de drogas mais pesadas, como a cocaína e outras ainda mais agressivas e destruidoras.

A família brasileira e, por extensão toda a sociedade, vem sendo desagregada e destruída pelas drogas, que leva filhos a roubarem, agredirem e matarem os próprios pais. E ainda existem autoridades, parlamentares e até um ministro de Estado, que defende essa legalização perversa, irresponsável e criminosa.

Os defensores dessa tese deveriam ser expurgados dos cargos e da vida pública para servir de exemplo aos incautos e mostrar que somos um povo decente, honrado e temente a Deus. Não venham com essa conversa de que estamos em uma democracia e que tudo é permitido. Essa não! Os eleitores devem ficar atentos e excluírem nas próximas eleições tais legisladores.

O governo brasileiro deve encetar com urgência uma guerra contra as drogas, adotando todos os meios para combater essa praga e os respectivos traficantes, usando as forças armadas para fechar as nossas fronteiras com a Bolívia e o Paraguai, por onde entram tais drogas e saem os automóveis roubados no Brasil e vendidos abertamente no Paraguai onde são emplacados e legalizados, sem falar que por essas mesmas fronteiras entram as armas contrabandeadas que são compradas pelos traficantes.

O Brasil vive uma guerrilha urbana e negar isso é hipocrisia. É um verdadeiro crime de omissão, prevaricação e outras coisas mais.

Quando o mundo combate o tabagismo; quando fumar se torna uma questão de saúde pública e é proibido praticamente em todos os países civilizados, aqui no Brasil há mentes doentias e pseudo-sociólogos, propondo a legalização da maconha e até mesmo o plantio para uso próprio. Cabe a sociedade civil organizada, os pais, e as igrejas de todo o Brasil, unirem-se para combater essa praga terrível e devastadora.

Lembrem-se de que a família é a célula mater de um povo e de uma nação e, sem família não há Pátria.

Não podemos esquecer o episódio de um jovem drogado que matou uma senhora de idade avançada, que fazia sua caminhada matinal no calçadão da Ponta Verde, matando-a a chutes, murros e pontapés.

O padre Cícero do Juazeiro já profetizava, que após o ano 2000, “Cairiam os muros e levantar-se-iam os monturos.” A profecia está concretizada no que vemos, vivemos e presenciamos nos dias atuais.

Vocês que lutam pela legalização da maconha, deveriam lutar contra a fome, o desemprego, a mortalidade infantil, o analfabetismo, a violência e outras mazelas que assolam o nosso País. A legalização da maconha só vai aumentar a criminalidade, já altíssima e intolerável, além de ser um mau exemplo para as nossas crianças, jovens e adolescentes, indo dificultar o ensino, a aprendizagem e a disciplina nas escolas e nas universidades.

A maconha, se legalizarmos, iremos transformar o Brasil em um País de drogados e criminosos.

* É Advogado Criminalista, Procurador de Estado, Diretor Geral da Seune e membro da Academia Maceioense de Letras.