Arquivo da tag: avalia

Tucano diz quem é João Dória.

9d1a1-globooquepoderiaserfeito

Ele se apropriou de terra da Prefeitura! Imagine na Prefeitura de SP…

Doria.jpg

Esse curto período de campanha já permite analisar o seu perfil. Dória não relutou em usar de todos os recursos lícitos e ilícitos, operacionais e financeiros, para angariar votos em uma prévia que está sendo avaliada pela Justiça Eleitoral. Nesse período prévio a lei veda o uso de quaisquer recursos financeiros para buscar votos para decisão dos filiados ao partido. Despesas só podem ser feitas pelo diretório municipal, mas ele as fez com recursos próprios. Além disso, não titubeou em usar as relações pessoais com o governador para obter apoios através da pressão de dirigentes do Estado sobre os filiados ao partido.

A sua falta de zelo pela coisa pública ficou evidente quando, conforme apuração da Folha de São Paulo constatou-se que tomou ilegalmente uma área de terra para somar à sua propriedade em Campos de Jordão. Na entrevista à Jovem Pan ainda justificou que a incorporação era produto de um acordo de desafetação onerosa, feito com o prefeito anterior do município, em que ele teria trocado o imóvel por algum equipamento doado para a cidade, acordo esse que não foi “homologado”, segundo suas palavras, pela Câmara Municipal do município. Ora, se não foi “homologado”, não aconteceu, não houve um ato jurídico perfeito. Nunca poderia incorporar bens públicos apenas através de um “acordo” com o prefeito ou com o Executivo municipal. O fato é que tomou a área, mostrou não respeitar a diferença entre o interesse público e o interesse privado e, processado, foi tentar um arranjo que legalizasse o mal feito.Continue lendo.

16017-acorda_pedrosimon_1

4c159-mensalc383otucano-mineiro

8297f-tabelacorrupc3a7c3a3o

Anúncios

A farsa criminosa que os institutos de pesquisa Datafolha e Ibope cometeram em 2012 parece estar se repetindo agora.

Haddad começa a desmentir pesquisas, como em 2012.

haddad-capa

A menos de uma semana das eleições de 2016, um fenômeno revoltante ameaça se repetir. Trata-se de fenômeno que poderia ter mudado o rumo da eleição paulistana de 2012 e que só não mudou porque a capital paulista chegou a um ponto em que não suportará outro governo ultraconservador e voltado para os ricos como o de José Serra, por exemplo.

Apesar do antipetismo do centro expandido e da inocência do povo da periferia – que, premido pela sabotagem tucano-peemedebê da economia, embarcou na conversa da direita endinheirada e joga contra si mesmo ao contemporizar com uma ideologia que odeia pobre –, ainda é de se duvidar que a maioria dos paulistanos seja capaz de colocar gente como João Dória Jr. ou Celso Russomano para administrar uma cidade com problemas tão sérios.

Por conta disso, a farsa criminosa que os institutos de pesquisa Datafolha e Ibope cometeram em 2012 parece estar se repetindo, já que, mais uma vez, na reta final do pleito paulistano, o candidato que passou a campanha inteira na lanterna, aparentemente sem chance de se eleger, entra na disputa com chances de vencer.

E o mais interessante é que quem diz isso não sou eu, mas um analista do Estadão. O texto abaixo é de um dos melhores analistas político-eleitorais do país, que, eleição após eleição, vem acertando.Mais

http://www.blogdacidadania.com.br/

Confirmado.SBT empata com a Record em São Paulo,mas continua na terceira posição no PNT.

  • O SBT afirma que não recebeu o relatório do Ibope, mas  a verdade é,   todo Brasil recebeu.
  • A rigor,  parece  um empate técnico somente em São Paulo. 
Record divulgou um comunicado ressaltando que continua na vice-liderança televisiva no Brasil, usando como base os dados do Painel Nacional de Televisão, que avalia o desempenho da emissora em 14 mercados nacionais, nos seis primeiros meses de 2012.

A Rede Globo mantém-se na liderança, com 15,3 pontos. Essa média no entanto, está bem abaixo da meta da emissora, que é de 18 pontos.

A Band também registrou queda e alcançou o pior desempenho no ano.
Confira o ranking mensal:

 – 15,3
 – 6,1
 – 6,0
 – 2,3
 – 0,9

Enquanto SBT se preocupa em consolidar a vice, Record insiste em dizer que a “briga” é com a Globo.

por Samukka Albanez 

Em agosto de 2007, quando recebeu o resultado mensal de audiência do Ibope que avaliava o desempenho da Grande São Paulo, o SBT viu que, pela primeira vez, perdia a vice-liderança na média das 24 horas do dia para a TV Record. Desde então, as posições das duas emissoras não tinham mais mudado. Até que um grupo de crianças e vários desenhos animados fizessem, em junho de 2012, a vice-­liderança da TV aberta brasileira voltar ao Anhanguera.
Após passar cinco anos consertando os defeitos, analisando os erros e estruturando uma programação que a deixasse em condições de batalhar pela recuperação do lugar que historicamente lhe pertenceu em outros tempos, o SBT retoma o fôlego rumo à vice-liderança e começa a incomodar a Record. E, se depender do otimismo de sua diretoria, não será dado nenhum passo para trás. “É uma tendência estatística. O segundo lugar no ranking é consequência de tudo o que viemos fazendo. Não é coisa de momento. Tudo foi cuidadosamente planejado há muito tempo para, agora, render esses resultados”, explica Glen Valente, diretor comercial nacional do SBT.
Na prática, esses índices podem ser vistos nos dados de audiência do Ibope da Grande São Paulo no mês de junho (veja gráfico). Considerando as 24 horas do dia, o SBT fechou o mês com uma média de 5,5 pontos, ultrapassando a Record, que obteve uma audiência de 5 pontos. A curva das duas emissoras já vinha convergindo para uma intersecção desde o mês de maio, quando a Record tinha 5,1 de média contra 5 do SBT. Agora, em junho, a troca de posições aconteceu. Líder entre as emissoras, a Globo encerrou o mês com uma média de 13 pontos nas 24 horas do dia.
Ao analisar os recortes dos dados do Ibope, é possível observar que o SBT cresceu em audiência em todas as faixas de horário — manhã, tarde, noite e madrugada. Entre todos esses períodos, somente no da manhã a emissora de Sílvio Santos ainda perde, na média geral, para a Record (são 5,1 contra 4,5 pontos). A ultrapassagem do SBT também já aconteceu no horário nobre. A emissora de Sílvio Santos encerrou o mês com 7,5 de média contra 7,4 da Record.
Embarque nesse Carrossel
À noite, é mais fácil enxergar os motivos da boa fase do SBT. Desde maio, a emissora colocou no ar o remake brasileiro de Carrossel, novela mexicana de sucesso da década de 1990. O tiro foi certeiro: logo na estreia, a trama registrou um Ibope de 15 pontos, que foi se mantendo na mesma faixa no decorrer dos capítulos seguintes. O sucesso de Carrossel (foto ao lado) foi tanto que acabou atingindo outras atrações da casa. “A novela trouxe um público fiel ao SBT e que, estando na emissora, começou a prestar a atenção que temos outros programas de variedades, de jornalismo e de outros gêneros”, conta Glen Valente.
Enquanto as noites trazem bons ventos ao SBT, o mesmo não acontece na Record. Há algum tempo a emissora alterou os horários de alguns de seus produtos por conta de oscilações negativas na audiência. A novela Máscaras foi transferida para depois 23h após a estreia do reality A Fazenda, que não vem rendendo médias tão boas como nas edições anteriores. A novela infantojuvenil Rebelde também mudou de horário.
As manhãs se tornaram um ponto sensível na Record. Com a estreia do programa Encontro com Fátima Bernardes (que substitui a TV Globinho), da Globo, a emissora ganhou um concorrente direto para sua atração Hoje em Dia. Além disso, viu a audiência do SBT — que acabou se tornando a única emissora com programação infantil na faixa matinal — crescer, absorvendo parte do público egresso da Globo.
Outros dados
Esses acontecimentos, no entanto, parecem não perturbar a diretoria da Record. “Acho precipitado falar em fuga de público. O Ibope acaba de divulgar dados que revelam os bons resultados da Record em 2012. Para nós, não existe uma briga pelo segundo lugar. Nossa meta sempre foi a liderança”, defende o superintendente comercial nacional da emissora, Walter Zagari.
Os dados do Ibope a que ele se refere, porém, são diferentes daquele que apontam a ultrapassagem do SBT. Enquanto a emissora de Silvio Santos aproveitou a semana para divulgar seu feito, a Record divulgou um comunicado ressaltando que continua na vice-liderança televisiva no Brasil, usando como base os dados do Painel Nacional de Televisão, que avalia o desempenho da emissora em 14 mercados nacionais, nos seis primeiros meses de 2012.
Por esse ângulo, em âmbito nacional, a Record realmente está na vice-liderança. De acordo com os dados fornecidos pela própria emissora, entre 7h e meia-noite, a Record registrou, no primeiro semestre, uma média de 6,4 pontos, com share de 15,7%. O SBT, por outro lado, declarou não receber os dados de PNT do Ibope, trabalhando somente com o ranking referente à Grande São Paulo.
Seja pela análise do PNT ou pelos dados da Grande São Paulo, o que se configura é um acirramento pela disputa do telespectador. De um lado, o SBT confia que entrou em um período de estabilização e conta com o próprio público como aliado. “Ninguém torce contra o SBT. O público simpatiza conosco. Precisamos, então, trabalhar para agradá-lo”, diz o diretor comercial.
Já a Record tem como trunfo a exclusividade dos Jogos Olímpicos de Londres, que começam no próximo dia 27. “Essa transmissão representa uma oportunidade única de fazer um trabalho que vai entrar para a história do esporte na TV. Acreditamos que o público deseja acompanhar cada momento das competições e vamos dedicar grande parte de nossa grade ao evento”, promete Zagari.
Informações: Meio e Mensagem

Grupo Silvio Santos.Depois de vender o Panamericano totalmente falido,SBT esconde que continua na terceira posição no PNT.

Londres 2012 .ASSISTA AGORA A16 EVENTOS AO VIVO.Terra

Mais

Record divulgou um comunicado ressaltando que continua na vice-liderança televisiva no Brasil, usando como base os dados do Painel Nacional de Televisão, que avalia o desempenho da emissora em 14 mercados nacionais, nos seis primeiros meses de 2012.

O SBT não é vice lider  no PNT, conforme  diculgado pelo crime organizado ” Turma do Real Time” e seus  capangas amestrados.A emissora não recuperou nem 2% das perdas acumuladas aos longo de seus 30 anos.

O Ibope acaba de divulgar dados que revelam os bons resultados da Record em 2012. Para nós, não existe uma briga pelo segundo lugar. Nossa meta sempre foi a liderança”, defende o superintendente comercial nacional da emissora, Walter Zagari.

Os dados do Ibope a que ele se refere, porém, são diferentes daquele que apontam a ultrapassagem do SBT. Enquanto a emissora de Silvio Santos aproveitou a semana para divulgar seu feito, a Record divulgou um comunicado ressaltando que continua na vice-liderança televisiva no Brasil, usando como base os dados do Painel Nacional de Televisão, que avalia o desempenho da emissora em 14 mercados nacionais, nos seis primeiros meses de 2012.

Por esse ângulo, em âmbito nacional, a Record realmente está na vice-liderança. De acordo com os dados fornecidos pela própria emissora, entre 7h e meia-noite, a Record registrou, no primeiro semestre, uma média de 6,4 pontos, com share de 15,7%. O SBT, por outro lado, declarou não receber os dados de PNT do Ibope, trabalhando somente com o ranking referente à Grande São Paulo.

Seja pela análise do PNT ou pelos dados da Grande São Paulo, o que se configura é um acirramento pela disputa do telespectador. De um lado, o SBT confia que entrou em um período de estabilização e conta com o próprio público como aliado. “Ninguém torce contra o SBT. O público simpatiza conosco. Precisamos, então, trabalhar para agradá-lo”, diz o diretor comercial.

O PNT (Painel Nacional de Televisão) do Ibope mostra que o SBT perdeu quase 50% de seu público de 2000 até 2010.A emissora caiu de 10,4 pontos de média em 2000 para 5,5 pontos em 2010 –cada ponto no PNT corresponde a 191 mil domicílios no país.A segunda que mais caiu foi a Globo, que teve queda de 8,5%, passando de 19,9 pontos em 2000 para 18,2 pontos em 2010.Já a Record cresceu 31% na década. Pulou de 5,5 pontos no PNT para 7,2 pontos, média de 2010.Band e Rede TV! não tiveram altera.

SBT ameaçou vice-liderança da Record mas continua na terceira posição no PNT.http://www.meioemensagem.com.br/

Contradizendo o Blog TV em Foco.

Meioemensagem

Em agosto de 2007, quando recebeu o resultado mensal de audiência do Ibope que avaliava o desempenho da Grande São Paulo, o SBT viu que, pela primeira vez, perdia a vice-liderança na média das 24 horas do dia para a TV Record.O SBT retoma o fôlego rumo à vice-liderança e começa a incomodar a Record. E, se depender do otimismo de sua diretoria, não será dado nenhum passo para trás. “É uma tendência estatística. O segundo lugar no ranking é consequência de tudo o que viemos fazendo. Não é coisa de momento. Tudo foi cuidadosamente planejado há muito tempo para, agora, render esses resultados”, explica Glen Valente, diretor comercial nacional do SBT.

Esses acontecimentos, no entanto, parecem não perturbar a diretoria da Record. “Acho precipitado falar em fuga de público. O Ibope acaba de divulgar dados que revelam os bons resultados da Record em 2012. Para nós, não existe uma briga pelo segundo lugar. Nossa meta sempre foi a liderança”, defende o superintendente comercial nacional da emissora, Walter Zagari.

Os dados do Ibope a que ele se refere, porém, são diferentes daquele que apontam a ultrapassagem do SBT. Enquanto a emissora de Silvio Santos aproveitou a semana para divulgar seu feito, a Record divulgou um comunicado ressaltando que continua na vice-liderança televisiva no Brasil, usando como base os dados do Painel Nacional de Televisão, que avalia o desempenho da emissora em 14 mercados nacionais, nos seis primeiros meses de 2012.

Por esse ângulo, em âmbito nacional, a Record realmente está na vice-liderança. De acordo com os dados fornecidos pela própria emissora, entre 7h e meia-noite, a Record registrou, no primeiro semestre, uma média de 6,4 pontos, com share de 15,7%. O SBT, por outro lado, declarou não receber os dados de PNT do Ibope, trabalhando somente com o ranking referente à Grande São Paulo.

http://www.meioemensagem.com.br/

SBT ameaça vice-liderança da Record no Brasil.SBT não é Vice líder conforme divulgação do crime organizado infiltrado na mídia bandida e criminosa.

Veja o que diz o  Meiomensagem.

O SBT segue atrás no chamado Painel Nacional de Televisão, que avalia o desempenho da emissora em 14 mercados nacionais.

http://www.meioemensagem.com.br/

Após passar cinco anos consertando os defeitos, analisando os erros e estruturando uma programação que a deixasse em condições de batalhar pela recuperação do lugar que historicamente lhe pertenceu em outros tempos, o SBT retoma o fôlego rumo à vice-liderança e começa a incomodar a Record. E, se depender do otimismo de sua diretoria, não será dado nenhum passo para trás. “É uma tendência estatística. O segundo lugar no ranking é consequência de tudo o que viemos fazendo. Não é coisa de momento. Tudo foi cuidadosamente planejado há muito tempo para, agora, render esses resultados”, explica Glen Valente, diretor comercial nacional do SBT.