Arquivo da tag: pela internet

Vídeo devastador: Moro, Lula é culpado!.Impressionante.

Os vídeos foram publicado no youtube, o Epocaestado esta analisando os fatos.Vídeo comprova  que Malafaia anda mau acompanhado. Cunha não é flor que se cheira, a justiça da suíça que o diga.

Tucano diz quem é João Dória.

9d1a1-globooquepoderiaserfeito

Ele se apropriou de terra da Prefeitura! Imagine na Prefeitura de SP…

Doria.jpg

Esse curto período de campanha já permite analisar o seu perfil. Dória não relutou em usar de todos os recursos lícitos e ilícitos, operacionais e financeiros, para angariar votos em uma prévia que está sendo avaliada pela Justiça Eleitoral. Nesse período prévio a lei veda o uso de quaisquer recursos financeiros para buscar votos para decisão dos filiados ao partido. Despesas só podem ser feitas pelo diretório municipal, mas ele as fez com recursos próprios. Além disso, não titubeou em usar as relações pessoais com o governador para obter apoios através da pressão de dirigentes do Estado sobre os filiados ao partido.

A sua falta de zelo pela coisa pública ficou evidente quando, conforme apuração da Folha de São Paulo constatou-se que tomou ilegalmente uma área de terra para somar à sua propriedade em Campos de Jordão. Na entrevista à Jovem Pan ainda justificou que a incorporação era produto de um acordo de desafetação onerosa, feito com o prefeito anterior do município, em que ele teria trocado o imóvel por algum equipamento doado para a cidade, acordo esse que não foi “homologado”, segundo suas palavras, pela Câmara Municipal do município. Ora, se não foi “homologado”, não aconteceu, não houve um ato jurídico perfeito. Nunca poderia incorporar bens públicos apenas através de um “acordo” com o prefeito ou com o Executivo municipal. O fato é que tomou a área, mostrou não respeitar a diferença entre o interesse público e o interesse privado e, processado, foi tentar um arranjo que legalizasse o mal feito.Continue lendo.

16017-acorda_pedrosimon_1

4c159-mensalc383otucano-mineiro

8297f-tabelacorrupc3a7c3a3o

A farsa criminosa que os institutos de pesquisa Datafolha e Ibope cometeram em 2012 parece estar se repetindo agora.

Haddad começa a desmentir pesquisas, como em 2012.

haddad-capa

A menos de uma semana das eleições de 2016, um fenômeno revoltante ameaça se repetir. Trata-se de fenômeno que poderia ter mudado o rumo da eleição paulistana de 2012 e que só não mudou porque a capital paulista chegou a um ponto em que não suportará outro governo ultraconservador e voltado para os ricos como o de José Serra, por exemplo.

Apesar do antipetismo do centro expandido e da inocência do povo da periferia – que, premido pela sabotagem tucano-peemedebê da economia, embarcou na conversa da direita endinheirada e joga contra si mesmo ao contemporizar com uma ideologia que odeia pobre –, ainda é de se duvidar que a maioria dos paulistanos seja capaz de colocar gente como João Dória Jr. ou Celso Russomano para administrar uma cidade com problemas tão sérios.

Por conta disso, a farsa criminosa que os institutos de pesquisa Datafolha e Ibope cometeram em 2012 parece estar se repetindo, já que, mais uma vez, na reta final do pleito paulistano, o candidato que passou a campanha inteira na lanterna, aparentemente sem chance de se eleger, entra na disputa com chances de vencer.

E o mais interessante é que quem diz isso não sou eu, mas um analista do Estadão. O texto abaixo é de um dos melhores analistas político-eleitorais do país, que, eleição após eleição, vem acertando.Mais

http://www.blogdacidadania.com.br/

Assistir Tv Online – Ver Tv Online Grátis – Futebol Ao Vivo no pc.

http://www.youtube.com/watch?v=TEMCVi2n8Lo

http://tvnanetgratis.com.br/

http://www.google.com.br/search?newwindow=1&site=webhp&q=tv+pela+internet&spell=1&sa=X&ei=n5cFUrqVLYvS9QSpgoGIDg&ved=0CCwQBSgA&biw=1920&bih=979

Ao Vivo – Debate 2012.Portal Terra ,TV Gazeta.Youtube.Transmissão agora!!!!!

http://jornaldagazeta.tvgazeta.com.br/debate2012

 

Debate ao vivo TV Gazeta

RUSSOMANNO Haddad x Serra x 

 

 

 A TV Gazeta está promovendo debate entre os candidatos a prefeito de São Paulo. Está sendo transmitido pela Internet nos links:

 

Mídia brasileira não tem moral para falar de mensalão.Dr.Pitagoras

Três picaretas comandam 96% da mídia no Pais, o que um picareta fala todos repetem.

+….None

Radar Mundial alerta total.

Mas historicamente, e isso tem sido esquecido ou omitido pelos jornais, a maioria dos jornalistas e articulistas, o nascedouro desse esquema de corrupção e desvio de dinheiro público foi no governo do estado de Minas Gerais, em 1998. O estratagema teve como cabeças o então governador (hoje senador) Eduardo Azeredo em conluio com o presidente da empresa SMPB, Marcos Valério Fernandes de Souza, que depois inspirou a expressão de “valérioduto“. E nesse triste, escandaloso e vergonhoso episódio muitos foram os políticos envolvidos, como de resto também no Mensalão do PT ou Mensalão do PT e Coligados, descoberto em 2005 (ou seja 7 anos depois do Mensalão do PSDB, de Minas Gerais), esse recordista em número de “membros”, como se poderá ver abaixo, na relação que publicaremos, pinçadas de sites de credibilidade que circulam pela internet. E neste o mesmo Marcos Valério Fernandes de Souza, que “virou casaca”, deixando o PSDB mineiro e se badeando para o PT, que a essa altura detinha a Presidência da República e todas as instuições, os organismos, ministérios, o que facilitariam para por em prática os seus mecanismos de corrupção, aparentemente sem possibilidades de serem descobertos, tamanho o enredo que foi formado. Mas a Polícia Federal e o Ministério Público Federal mostraram competência e acabaram desvendando em minúcias e apresentando incontestes evidências, ao ponto do deputado federal pelo PTB, Roberto Jefferson resolvendo abrir todo o jogo, os envolvidos e a sistemática posta em prática, então, pelos cabeças do PT, como o ex-Ministro Chefe da Casa Civil da Presidência da República, e o homem de maior confiança do presidente Luís Inácio Lula da Silva, José Dirceu de Oliveira e Silva. Apesar dos sobrenomes iguais o parentesco é apenas em termos político-partidários.
Mensalão do PSDB, apesar de que a auto-rotulada GRANDE imprensa, acumplicida pela manipulação, pela omissão consciente e pelo faz de conta que não sabemos nada, trata como Mensalão Minieiro. Tal atitude tem como objetivo explícito, ainda que em toques subliminares, de não comprometer o PSDB, partido que tem a liderança inconteste do ex-presidente sociólogo FHC – Fernando Henrique Cardoso, de José Chirico Serra e de Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho, fundamentalmente.
Mesmo os que mais combateram, os que mais insistiram e criticaram oMENSALÃO DO PT, não satisfeitos de ficaram à margem de esquemas tão lucrativos quanto complexos, os extrema-direitistas do DEM, conhecendo como a fonte jorrava água, como o sistema funcionava, “pariram” o Mensalão do DEM, no governo do Distrito Federal, em Brasilia, desvendado em 2010, que também contou com a participação de políticos de diferentes partidos.
Segundo os dados e valores publicados, quem mais tirou dinheiro do Mensalão do PT e Coliagos, foi o publicitário Duda Mendonça e outros com R$ 15 milhões; em segundo o PT e seus deputados com R$ 11.765 milhões; em terceiro o PL e seus deputados com R$ 11.200 milhões; em quarto o PP com R$ 7.800 milhões e em quinto o PTB com R$ 4.168 milhões.
Com essa esquematização virando moda, até pela impunidade e uma certa cumplicidade do próprio Judiciário, dada a morosidade com que tais escabrosos e nefastos feitos são tratados, acabou se formando o que podemos chamar de CLUBES DOS MENSALÕES, atualmente formado por três correntes desde a nascente em Minas Gerais, inspirada pelo “pregador mor da moralidade”, o PSDB, porém contando em suas fileiras com membros tão ou mais corrupto do que nos demais partidos.

.

Revista Veja, Epoca, IstoÉ faz especial sobre o mensalão, mas esconde os chefes das quadrilhas.Crime organizado.

+….None

Radar Mundial alerta total.

Mas historicamente, e isso tem sido esquecido ou omitido pelos jornais, a maioria dos jornalistas e articulistas, o nascedouro desse esquema de corrupção e desvio de dinheiro público foi no governo do estado de Minas Gerais, em 1998. O estratagema teve como cabeças o então governador (hoje senador) Eduardo Azeredo em conluio com o presidente da empresa SMPB, Marcos Valério Fernandes de Souza, que depois inspirou a expressão de “valérioduto“. E nesse triste, escandaloso e vergonhoso episódio muitos foram os políticos envolvidos, como de resto também no Mensalão do PT ou Mensalão do PT e Coligados, descoberto em 2005 (ou seja 7 anos depois do Mensalão do PSDB, de Minas Gerais), esse recordista em número de “membros”, como se poderá ver abaixo, na relação que publicaremos, pinçadas de sites de credibilidade que circulam pela internet. E neste o mesmo Marcos Valério Fernandes de Souza, que “virou casaca”, deixando o PSDB mineiro e se badeando para o PT, que a essa altura detinha a Presidência da República e todas as instuições, os organismos, ministérios, o que facilitariam para por em prática os seus mecanismos de corrupção, aparentemente sem possibilidades de serem descobertos, tamanho o enredo que foi formado. Mas a Polícia Federal e o Ministério Público Federal mostraram competência e acabaram desvendando em minúcias e apresentando incontestes evidências, ao ponto do deputado federal pelo PTB, Roberto Jefferson resolvendo abrir todo o jogo, os envolvidos e a sistemática posta em prática, então, pelos cabeças do PT, como o ex-Ministro Chefe da Casa Civil da Presidência da República, e o homem de maior confiança do presidente Luís Inácio Lula da Silva, José Dirceu de Oliveira e Silva. Apesar dos sobrenomes iguais o parentesco é apenas em termos político-partidários.
Mensalão do PSDB, apesar de que a auto-rotulada GRANDE imprensa, acumplicida pela manipulação, pela omissão consciente e pelo faz de conta que não sabemos nada, trata como Mensalão Minieiro. Tal atitude tem como objetivo explícito, ainda que em toques subliminares, de não comprometer o PSDB, partido que tem a liderança inconteste do ex-presidente sociólogo FHC – Fernando Henrique Cardoso, de José Chirico Serra e de Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho, fundamentalmente.
Mesmo os que mais combateram, os que mais insistiram e criticaram oMENSALÃO DO PT, não satisfeitos de ficaram à margem de esquemas tão lucrativos quanto complexos, os extrema-direitistas do DEM, conhecendo como a fonte jorrava água, como o sistema funcionava, “pariram” o Mensalão do DEM, no governo do Distrito Federal, em Brasilia, desvendado em 2010, que também contou com a participação de políticos de diferentes partidos.
Segundo os dados e valores publicados, quem mais tirou dinheiro do Mensalão do PT e Coliagos, foi o publicitário Duda Mendonça e outros com R$ 15 milhões; em segundo o PT e seus deputados com R$ 11.765 milhões; em terceiro o PL e seus deputados com R$ 11.200 milhões; em quarto o PP com R$ 7.800 milhões e em quinto o PTB com R$ 4.168 milhões.
Com essa esquematização virando moda, até pela impunidade e uma certa cumplicidade do próprio Judiciário, dada a morosidade com que tais escabrosos e nefastos feitos são tratados, acabou se formando o que podemos chamar de CLUBES DOS MENSALÕES, atualmente formado por três correntes desde a nascente em Minas Gerais, inspirada pelo “pregador mor da moralidade”, o PSDB, porém contando em suas fileiras com membros tão ou mais corrupto do que nos demais partidos.

.